Monday, March 16, 2009

De quando você me trocou por ela.

escuto sozinho
as canções que você não quis ouvir comigo
porque estava ocupada demais
vivendo a tua vida.

leio o trecho de livro
que eu queria ler pra você
mas jamais o farei
porque você sempre estava longe de mim
vivendo a tua vida.

sofro com o calor
que eu queria sofrer com você
e nunca poderei
porque você não está mais por aqui.

e, às vezes, eu penso que talvez eu tenha te dado liberdade demais
e por isso você foi embora com ela.

às vezes acho que você escolheu tudo isso
quando entrou naquele carro
depois de tudo o que aconteceu,
depois de eu pedir para você esquecer e ficar.

às vezes acho que tudo foi minha culpa
por não ter te parado.

então percebo que eu ter feito você ficar
não faria ela não vir,
só a traria ainda mais perto de mim
e o peso da culpa ainda estaria nas minhas costas
só que de uma forma diferente.

eu não estava lá,
mas posso ver,
sempre pude ver, desde quando soube,
sua pupila se tornando um ponto negro
se adaptando a toda aquela luz súbita.

por um momento eu acho que você não sabia o que estava acontecendo,
então soube e entendeu e se sentiu bem.

você percebeu que minha mão não era tão boa de segurar quanto a dela
que te prometia a eternidade,
enquanto eu mal podia te dar o amanhã.

1 comment:

Sarinha said...

"sofro com o calor
que eu queria sofrer com você"
:x

às vezes tenho medo dela. mas às vezes ela me é tão 'serena'.
:*!