Friday, October 31, 2008

Trinteum

hoje saem os espíritos.
e espero que nenhum fantasma do passado venha me assustar.

Wednesday, October 29, 2008

Hoje, 29.

hoje é dia de todos aqueles que me fazem sentir bem
que me fazem sentir.

hoje é o dia de todos que me cercam
dia de quem amo.

hoje é o dia de vocês
e eu só te quero o bem.

Friday, October 24, 2008

Desculpe, beibe.

e eu queria pedir desculpas.

ajoelhar na sua frente,
deitar no chão,
implorar,
rastejar,
até que você sorria,
me chame de bobo
e me dê um beijo.

eu quero pedir desculpas
por tudo o que já fiz
sem querer,
querendo,
tanto faz.

quero dizer que se te ofendi,
se te magoei,
se fui rude,
grosso, chato, mau,
não foi porque não te gosto,
mas porque te amo
e acho que posso ser assim chato com você
porque acho que você me ama também
(mas vai saber, não é?
tenho medo de te perder assim do nada,
com qualquer brincadeira estúpida que eu faça).

eu quero pedir desculpas por qualquer coisa que eu tenha feito
por ter olhado tempo demais para a bunda de outra
ou para um decote muito bonito.

eu quero pedir desculpas
enquanto beijo teus pés,
lambo o teu dedão,
subo pelas tuas pernas lisas
descanso na tua barriga,
sinto o teu coração,
olho nos teus olhos,
mordo tuas orelhas,
sinto o cheiro dos teus cabelos.

eu queria pedir desculpas
e queria que você aceitasse
que me perdoasse
porque é para você que eu rezo de noite,
antes de dormir,
é você quem me dá o paraíso,
é você o paraíso em que quero passar a eternidade.

então,
olhe nos meus olhos
e me diga que me desculpou.

Lição.

o jeito certo
é nunca se aproximar
assim, nenhum adeus
poderá nos machucar.

Chegando.

eu quero o seu olhar
caindo sobre mim
e quero sorrir para você
ficar vermelha.

e eu quero
sentar ao teu lado
colocar minhas mãos ao redor da tua cintura
te beijar.

e eu quero isso por todas as estações
de janeiro a janeiro
até a morte do universo
e depois.

Do que quero todo dia,

te quero para todo dia
fazer tudo sempre igual
e me beijar às 6 horas da manhã...

Agora, antes e depois.

meu eu te amo não tem validade no tempo.

Vida XI

"hoje, meu bem, sou dependente de você"

Thursday, October 23, 2008

Esqueça M, T, T.

para que mentir
se todos sabem que quem eu quero é você?

Queixo.

"é evolução, beibe"

Wednesday, October 22, 2008

Woodstock

pode não ser o verão do amor,
mas pode ter certeza,
meu bem,
que 1969 terá de mudar de nome algum dia.

Segue...

vou vivendo
até a hora em que não mais.

Toda música que ouço.

eu coloco no som
aquela música que me lembra você.

Sem título II

diga-me ao pé do ouvido que tudo ficará bem
e enrosque seu corpo no meu
impedindo que me mexa e vá embora.

diga que me ama pela manhã
mas não menos que à tarde ou à noite
e me dê um beijo que só você dá.

faça a cama onde deitaremos
a comida que comeremos
a vida que viveremos.

e peça que seja para sempre
para que o tempo nunca passe
e chore quando tudo acabar.

Bom.

e quando eu preciso de forças
eu penso no seu sorriso
e tudo me parece bom.

quando estou triste
eu penso em nós dois
e em como tudo é bom.

e quando estou feliz...
quando estou feliz quero estar assim com você
para ser para sempre bom.

A um passo.

do tanto que se tem a falar
nada parece se organizar
na minha cabeça.

e é nessa falta de sentido
que tenho vivido
durante esses tempos.

é a vontade de estar certo,
de te ter por perto,
de viver o amanhã.

Tuesday, October 21, 2008

Um dia quem sabe serei o que sempre quis.

"ser teu pão,
ser tua comida."

Da cidade II

à sombra da cidade
ouve-se os gritos
desesperados de quem foi amado
e não amou.

Vamos.

beibe,
deixe-me te levar pra onde eu quiser
e te fazer esquecer de si mesma.

Da cidade.

é à sombra da cidade que tudo acontece
e já não há o brilho frio da prata
aqui reluz o fogo e derrete o ouro.

Monday, October 20, 2008

Han?

eu já me esqueci do que era antes
e já não lembro do que vem depois.

Uah

deitada na tua cama,
as mãos, altas, saindo do colchão.

eu ouço você se espreguiçando.

Quase (faltando pouco)

é quente aqui dentro
e lá fora também.

e é quente o inferno,
mas por você ele quase valeria a pena.

Saturday, October 18, 2008

Sabor.

tudo parece perder o gosto
porque não tenho você.

Da situação da poesia.

já esqueci de toda métrica
e já não sei mais como se rima
só sei que na minha ficha médica
amor se curou com penicilina.

Por tudo isso...

"não me leve a mal.
eu só quero que você me queira."

aquela velha coisa...
dos outros falando por mim
melhor do que eu poderia falar.

Friday, October 17, 2008

O fim.

eu tenho um sonho
de que todos nos encontraremos
e todos sorriremos,
nos sentindo completos.

depois nada mais existiria.

assim, ninguém sentiria falta de nada.

e nada mais causaria dor.

Thursday, October 16, 2008

D'O cara.

eu queria ser O cara.
queria que você dissesse que eu sou O cara.


mas nem nos sonhos isso acontece.

Dor.

eu acordo
com o sol batendo no meu rosto
e queimando
como o ferro na pele
e me cega
e eu só penso em acabar com tudo isso.

fecho as cortinas e volto a dormir.

eu acordo
e tudo o que penso é em como seria bom ter você
comigo
para sempre.

mas para sempre é algo que não chega nunca.

eu fecho os olhos e volto a dormir.

então eu te vejo nos meus sonhos
e você está bem ali
e eu posso te tocar
e te ouvir,
mas não tenho o seu cheiro,
não sinto o gosto dos teus lábios.

é essa a minha maldição: nunca te ter por completa.

então abro os olhos
e mergulho na realidade.

e não posso dizer o quanto me arrependo disso,
o quanto me dói acordar e ver
que você não está lá comigo
que "a gente nunca será nós",
que eu acordei para lembrar
que it ain't me you're looking for.

e me dói tanto
tanto, tanto,
não ser quem vai te fazer feliz por anos e anos
até o fim das coisas e do tempo.

e não,
acho que ninguém tem idéia
de como é ruim
ser lembrado todo o dia,
seja por mim ou por você -
pela vida, universo e tudo mais -
que não podemos ser um só.

"Você diz que está procurando alguém..."

e todo o dia
eu me lembro que não sou eu.

e quando não sou eu
a lembrar,
é o mundo,
é você.

Wednesday, October 15, 2008

Bem aqui.

e eu queria você
pra dizer que está tudo bem
porque eu não acredito que esteja.

então eu fico aqui
me culpando e me culpando
e pensando no errado
e no que errei.

e eu queria você aqui
pra dizer que está tudo bem
e que você me ama mesmo assim
e que eu te amo também.

De como eu nunca tenho algo original.

e o que eu queria dizer
rc também disse antes de mim.

Com você.

com você quero todas as coisas tolas,
todos os clichês,
o mão na mão, o beijo molhado,
o caminhar abestalhado,
todos os detalhes que eu não sei detalhar.

com você eu quero o que eu sempre quis,
só que com você.

A noite escura.

na noite escura
eu e você desistimos
de existir
e nos desfizemos.

foi ali,
naquele momento,
enquanto nós dois nos tornávamos nada,
nos liqüefazíamos,
foi ali que eu me senti mais perto de você.

e desde então a gente nunca mais se viu.
desde então eu sinto falta de quando não éramos nada
e de quando tudo o que a gente era
era nós mesmos -
prometendo coisas, descumprindo outras, mas nós mesmos.

eu sinto falta de antes daquela noite escura,
se eu soubesse o que viria,
nunca teria desejado ela.

nunca teria desejado ser um só,
ser nada.

"It ain't me"

dar-te-ia presentes
todos os dias
e te faria achar que a vida é boa
e que vale a pena seguir.

mas acho que não sou eu
acho que eu não sou o certo
para isso.

Sem título I

e eu pensei em tanta coisa.
mas acho que tudo escorreu pelo ralo
junto da água que me banhava.

E quando tudo explodir.

"estarei com você.
estarei com você quando as estrelas começarem a cair."

Quando você diz isso.

eu me sinto um completo inútil.
um incapaz.

Cabum

e quando a gente se fala
depois de séculos sem se falar
eu venho com minha merda
e jogo tudo no ar.

"Eu tenho tanto pra te falar, mas com palavras não sei dizer."

...

Dois bilhetes.

ainda estão nos esperando,
meu bem,
para tomarmos o que quer que se tome
para chegar a babylon.

então,
me diz,
quando é que a gente pode ir?

Tuesday, October 14, 2008

Da rosa que mandava no meu coração (enquanto as outras eram manjericão).

ela nem tinha que fazer muito
para eu me sentir bem
um ou dois ois
alguns boatardes
todos os boanoites
e todos os bom dias
que poderiam existir.

mas que pena,
que pena que ela não é minha pequena,
não é minha morena,
minha branquinha,
que pena que ela não é minha.

e ela não precisa fazer muito
para fazer meu dia brilhar
é só sorrir,
só aparecer,
só dizer que os dias estão bem
e que ela sobrevive.

O nome dela.

e o nome dela
tem todos os nomes que já puderam existir,
porque nunca houve outra ela,
nunca houve outro amor.

Sábio W.

é que disseram várias coisas antes de mim.

é que cantaram várias coisas,
várias vezes,
antes de mim.

e você continua sendo sim
e luz
e raio
e estrela
e luar
e aquela manhã de sol.

Das tentativas e bobagens.

eu tento e tento e tento,
juro como tento,
mas quando eu sento
e digo: é agora,
nunca é,
nunca é.

por favor,
me perdoe por tudo o que está por vir.

porque numa hora dessas eu me sinto um tanto sentimental
e você sabe o quão meloso eu sou.

então, quando chegar a hora
só lembre disso
e de que eu sou besta como o diabo
e você me deixa mais bobo que pai olhando pro filho
pela primeira vez.

Dos lábios e da distância entre os nossos.

e como são doces os lábios da mulher amada
e como é amarga a distância.

Monday, October 13, 2008

V. II

e eu pensei que estava livre
pensei que podia ser feliz
agora que estava sem ele,
porque ele nunca mais iria me perturbar.

mas não.

agora é pior.
porque eu nunca dei valor a ele mesmo,
mas ela dá.

V.

só posso amaldiçoá-lo
por tudo o que me fez
e pelo que ainda faz.

Estudar não dá futuro.

eu fico trancado no quarto
tentando não lembrar
que lá fora,
longe de mim,
está a mulher que eu tanto quero.

e eu fico tentando estudar
e leio as coisas que me servirão tanto no futuro.

e não consigo não pensar
que o que mais me serve no futuro
é ela.

e que sem ela
o futuro é um lugar com menos cores.

Sunday, October 12, 2008

Ê sabedoria!

"eu amo a sua mãe
porque foi ela quem me deu você"

Sem vontades de ter vontades

para que sentir vontades
se eu não posso saciá-las?

Banho

a língua por todo centímetro.
e se você se sentir babada
eu te limpo toda de novo.

Musa

para quem não acredita em inspiração
me inspira como ninguém jamais o fez.

Nó.

talvez eu nem chore
mas meu coração vai estar enxarcado,
pode ter certeza.

"Houve um tempo em que eu era tão mal amado..."

e a gente não larga isso de ser mal amado,
mesmo quando a gente tem amor
(ou pensa que tem)
mesmo quando a gente só sorri,
a gente sorri sempre com tristeza
pensando na hora em que ela for embora.

Quando você não está aqui.

falamos dos corações que quebraram
e das pessoas que os destroçou.

falamos de como não sabemos de mais nada
e de como tudo o que sabemos é do que passou.

falamos de como eu te amo
e de como ele ama ela.

falamos por muito tempo.

quando eu não tenho você
eu falo de você.

Lá fora essa noite.

e trovejou lá fora,
relampiou,
e eu nem vi,
nem ouvi.

de tão perdido que me sinto sem você.

Confesso.

eu tenho lembrado demais do passado
só para não pensar no futuro.

e isso não é bom.

"e foi justamente pra ela que eu escrevi o meu primeiro blues"

e parece que eu me lembro daquela noite
chovendo por horas e horas
e eu trancado num quarto triste
escuro e solitário.

a alma gritava seus sons guturais
e tudo o que eu ouvia era sobre você
no alto do pedestal que eu havia posto,
construído com tripas e coração.

e é assim que se faz o verdadeiro blues
da tristeza e da dor
é assim que nasce a música que ressona nos órgãos
com vísceras, coração, sangue e alma.

naquela noite choveu e trovejou
lá fora
e lá dentro do meu quarto
eu era todo seu amor.

Saturday, October 11, 2008

"Porque Soraya me queimou..."

e todos que queimam
voltem para seu fogo.

Acordei.

a bênção de não lembrar
seja tenha sido bom
ou ruim.

"O amor deixa marcas que não dá pra apagar"

passe dia, passe noite,
passem séculos seculorium,
não se apaga, não se apaga.

"A porta vai estar sempre aberta"

chora a música
derrama tudo o que tem
e as palavras destroem tudo
com seu peso,
o peso do amor.

e a sutileza nas desculpas
e a fúria assassina
e se eu fosse ele
eu jamais teria te deixado.

mas deseja tanto
tanto tanto
que ele retorne
a tua cama não é meu leito.

estou fadado à solidão.

Auto depreciação.

e eu fico me torturando
e pensando que talvez eu não seja alguém capaz de te fazer
realmente feliz.

e pensar nisso me parte a alma ao meio,
rasga o coração.

Ao penetra.

maldito j. pinto fernandes
que não entrou na história
e só fez atrapalhar.

Friday, October 10, 2008

Sobre esquecer.

só os mentirosos esquecem.
e eles estão mentindo.

Deu-me as costas.

faz-me pensar em que errei
para não merecer o que antes pensei não ter fim.

faz-me pensar no que disse de errado
para perder o que estava bem ao alcance dos meus braços.

é melhor deixar para lá.

outros tempos,
outras pessoas.

e certamente você não será a primeira a ir embora
mas é sempre ruim perder alguém.

Esquecer não é uma opção.

ontem foi o dia.
e eu lembrei.

porque não se pode fazer muito
a não ser lembrar.

Estão aqui, meu bem.

as coisas novas de ontem
e as coisas velhas de sempre.

O tempo para ficar junto.

até que ouçamos todas as músicas já feitas
até que ninguém mais faça músicas
até que jamais se sinta novamente
até que nada mais faça sentido.

Até onde a gente não se vê mais e o tempo faz a curva e o vento dobra a esquina.

"meu amor eu sinto muito
muito muito, mas vou indo"

Thursday, October 09, 2008

Silêncio e solidão.

uma noite em silêncio.
mas naquele silêncio que diz tudo.
uma noite com você,
sós.

mas sabendo que o mundo inteiro lá fora não seria o suficiente
e que só nos bastam eu e você.

E eu quero pegar uma cor.

"como eu sou girassol,
voce é meu sol"

Disse o rei

"saiba, meu bem,
que eu te amo nas quatro estações."

Wednesday, October 08, 2008

Incapaz

e caneta já não encaixa na minha mão
e o papel só é bonito em branco.

E eu não consigo não pensar sobre isso.

"cada dia a mais é um a menos
pro encontro acontecer"

Nós.

e não é que eu dependa de você
mas é que o meu eu com você
é muito melhor que meu eu com qualquer outra.

Quem?

e hoje me disseram
para deixar para lá
seguir em frente com o que se tem
para não desejar, não sonhar.

e, me diz, quem eu sou
sem meus sonhos, sem meus desejos?

me diz, quem eu sou sem você?

Disse o poeta.

se não for com dor, não é amor.

Responda-me uma coisa...

se não for pra sempre
pra que que eu vou tentar?

Mon amour.

e eu sou cheio dos clichês
e o meu preferido é Você.

Sobre derreter.

eu não sou quente
e não sou sol.

eu não sou fogo
e nem tenho calor.

"Jornada na Escuridão"

é escuro
e as sombras se escondem nas sombras maiores.

é escuro
e ninguém na rua fala com ninguém.

é escuro
como na manhã em que você fechou os olhos
e resolveu nunca mais abrir.

"Isso é coisa de cigana"

não que eu queira tudo descampado
até gosto de passear pelo mato,
de aventurar-me pela natureza,
mas às vezes é bom saber
que o liso, o novo, o moderno,
pode muito bem estar ali.

não que eu goste de florestas tropicais
molhadas e densas
mas é que às vezes é bom saber
que posso passear pelo que é natural
e conhecer as maravilhas que o tal deus fez.

Uh uh uh uh uh uh uh uh

é
parece que amanhã
ainda teima em não chegar
e eu fico aqui sozinho
pensando no que pensar.

é
parece que o ontem
não quer ir embora não
mas chegou a hora dele
e não há mais o que se fazer com ele.

Teu jardim.

flores regadas a sangue
adubada com corações.

um lírio brota de um átrio direito

aortas desmbocam na tua horta,
onde cresce tudo aquilo que te alimenta
porque nunca te matou.

e ninguém nunca te feriu
ninguém nunca pisou nos ossos que apodrecem
e se demancham no teu solo.

e o perfume do teu jardim
é o cheiro de mal-amor.

sementes jogadas por todo o chão,
destroçadas esperanças do que já foi tanta saudade.

nada germina a não ser o horror
nada nasce que não seja subordinado a você.

e as flores cantam à dor
e nossa tristeza é tua alegria.

estou aqui hoje para pegar meu coração
que há tanto deixei por aqui.

estou partindo para um novo jardim
e deixo esse com muito agrado.

Coisas que espero.

espero sentir
espero saber
espero entender
quando chegar a hora.

e quando for embora
espero nem sentir
espero esquecer
espero nunca mais lembrar.

embora eu saiba que não dá,
que não vai ser assim.

"É sempre amor mesmo que acabe"

então não adianta apagar nossos passados
não adianta pintar de branco
porque uma hora a tinta sai e mostra tudo o que passou.

não adianta tentar esquecer
porque não se esquece.

e é sempre amor
"mesmo que alguém esqueça o que é amor"

Nunca ligou.

hoje eu sonhei que ela me ligava
e era tão estranho
porque quando eu tentava ser um com ela
ela nunca me ligou.

e eu queria saber o que te fazia ligar agora,
mas terminei sabendo que era tudo mentira
e que você nunca ligou.

O meu açucareiro.

"você não é o doce.
você é o que deixa o doce doce."

J.M.

Tuesday, October 07, 2008

E me entende como ninguém mais capaz de ler que viu o livro.

"você pode me ler,
beibe,
como um livro aberto"

Monday, October 06, 2008

As verdades dessa vida.

"por que não me diz como é
por que não me diz como realmente é..."

Do mal.

coisas que fazem
com quem o que deveria estar um grau celsius a menos que meu corpo
se sinta numa caixa de gelo
não me fazem bem.

Domingos.

eu posso nos ver
na cozinha, comendo o lanche que você preparou
e ouvimos o velho frank
na vitrola de domingo.

Perguntas.

estou cheio de perguntas
e preciso de respostas.

estou cheio de saudades
e preciso de você.

Sunday, October 05, 2008

Você

só uma coisa é melhor que uma noite sem sonhos.

O Duro.

tantas coisas minhas que me lembram só você
e tantas coisas dela que me lembram só você
e tantas coisas nossas que me lembram só você.

o duro vai ser mesmo é esquecer.

Saturday, October 04, 2008

Chá

e eu sinto o teu cheiro no meu quarto
o teu gosto na minha boca.

Eu te amo por você ser completa.

e você é tão completa...
chá e açúcar.

Medo.

e eu não queria que Ela entendesse errado
as coisas quem vêm acontecendo.

é que a vontade de falar
ouvi-la falar... é enorme.

eu tenho medo.
medo de ser como o passado Dela
medo de errar nas coisas que garanti não errar.

porque não raciocinamos com o medo.

medo.

Noites

todos precisamos de uma noite feliz
uma noite com amigos
sorrisos e alegria.

todos precisamos de uma noite de deus,
o rei do pedaço,
o dono do mundo.

todos precisamos de uma noite
no reino dos sonhos
onde tudo se pode e se tem.

e eu...
o que eu preciso mesmo
é de você, toda noite
nos sonhos,
com os amigos,
a rainha do pedaço,
minha deus
e dona do meu mundo.

o que preciso mesmo é te ter.

Coisas.

a única coisa que preciso de você
é algo para me lembrar dela
e a única coisa que não preciso de você
é você me fazendo lembrar do passado.

Adeus você.

eu devia estar protegido
devia saber que essas coisas acontecem
devia entender que você não é especial.

mas algo do passado...
algo do passado brilha em você
e eu ainda penso que é ouro...

eu vivo tentando e tentando
e agora vi que é hora de dizer adeus
por um tempo, apenas.

então adeus,
que de você já não preciso mais,
já não desejo mais.

e agora há Ela em meus sonhos
fazendo as coisas mais lindas
que Ela podia fazer:
Existindo.

Até ela.

eu só queria saber os comos
os porquês...

e eu nunca quis nada maior que você
até que finalmente deixei de querer.

até que ela veio me salvar do mal.

Friday, October 03, 2008

Inspiração.

e onde está você
nessa noite cheia de inspiração?

- me inspirando.

Thursday, October 02, 2008

A falta que faz.

eu sinto a tua falta
e é por isso que eu te ligo.

na verdade,
eu tenho medo de esquecer como é a tua voz,
por isso preciso te escutar alguma vez na semana.

eu sinto tanto a tua falta...
e penso que estou errando em sentir tanta saudade.

"Mas eu sou livre como um passarinho"

uma vez alguém me disse
que aquilo não era coisa para se guardar.

é como guardar césio debaixo do travesseiro.

e eu nunca prendi as coisas.
sempre que elas queriam iam embora.

e elas sempre iam embora.

Novembro.

engraçado como a felicidade
pode ficar tão perto da tristeza.

Wednesday, October 01, 2008

Antes

de quando eu ia direto
e caía onde não devia.

de quando eu era apressado
e dizia que era amor o que apagava.

de quando eu era jovem demais
para saber que tudo feria.

de quando eu julguei
ser ela a que mais amava.

de quando eu me precipitava
e não entendia que o amor não tem pressa.

de antes de agora,
mas não muito antes.

Perdido

e mesmo que eu me encontrasse
perdido nos teus olhos
eu saberia que bem na minha frente
é onde estaria a felicidade.

e mesmo que eu me encantasse
ao ouvir o som da tua voz
eu saberia que o maior encanto que há
é você, meu bem.

Outubro.

esse costumava ser o mês dele
antes de qualquer coisa esse era o mês em que comemorávamos
mesmo que de fato os dias não fossem dele
como dizem por aí.

e nós contávamos as horas
para que chegasse sua hora
para que juntos celebrássemos
- falta pouco, falta pouco -
dizíamos aos sorrisos
e ele sorria de volta para nós.

(eu faria de tudo para ouví-lo me chamando novamente.
ele me visita nos sonhos e eu nunca tenho a chance de passar com ele
o tempo que quero passar)

em seu andar,
as seqüelas de um mundo.
suas chinelas gastas já não mais eram audíveis
naqueles dias
e hoje eu só tenho a lembrança.

(hoje sou o que sou graças ao que ele me fez)

Roubo.

porque é isso que eu faço:
eu roubo,
tomo para mim tudo o que é de outros,
finjo que sempre foi meu,
que eu sempre tive aquilo comigo.

mas não,
eu sou um ladrão
dos mais baixos,
mesquinhos, asquerosos.

eu roubo para satisfazer minhas vontades
de conseguir as coisas.

eu roubo
porque não consigo ser original.

Orelha esquerda.

sinto o teu hálito quente
na minha orelha esquerda
e a tua voz tão linda
sussurrando as palavras que eu tanto quis ouvir
de perto.

Pelo menos não é náusea e vômito.

vou fazer um estudo
sobre os efeitos colaterais da falta de você.

instabilidade emocional,
insanidade mental,
e saudades.

Um dia

um dia eu tive uma garota
e ela era linda de doer
e me doendo fui ficando
com ela até morrer.

"Mas de uma coisa fique certa amor..."

e na tv
juras de amor
e na minha cabeça
juras de amor
e eu só penso em você,
meu bem.

Segundo-ano

e se eu pudesse controlar o tempo
transformaria todo dia
em algumas poucas horas
só para te ter.

e quando chegasse a hora
esticaria os segundos,
transformaria-os em dias, semanas, anos.

e cada ano-segundo seria passado com você...
até você resolver que está na hora de voltar ao normal.

LPs

antes eu não havia descoberto o que havia no fundo do meu poço,
mas se eu cair lá,
mais uma vez,
eu sei que posso encontrar forças
para me levar até você.

Arrepender

não, eu não me arrependo das coisas do passado
de errar o ser amado
de amar o ser errado.

não, eu não me arrependo de tudo o que aconteceu
sem elas não seria eu
e certamente não teria você.

Fechando o mês

com o pensamento de você começo mais um mês.